Total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de julho de 2017

A lenda da rosa



Chegou com a noite enluarada
sorriu e o seu rosto iluminou...
saiu deixando-a encantada
 e sonhando acordada, ela ficou..

No tempo que apressadamente, passou
o seu manto despiram indiferente
deixando um desejo premente,
que em sua existência acompanhou...

Solitária, desencantada, segue a trajetória;
embora a sua cor esteja esmaecida,
espalha sorrisos dos tempos na memória,
dos cravos que no jardim, fizeram história.


Um comentário:

O Árabe disse...

Lindo texto... e a foto ficou ótima! Gostei muito, boa semana.